A historia da Podiatria

Fonte: Portal do Enfermeiro Podiatra Brasileiro

 

O cuidado profissional dos pés já é conhecido desde o antigo Egito, encontrado inscrito em relevo na entrada do túmulo de Ankmahor, datado do ano de 2400 AC. (1)

Até por volta do século 20, os Quiropodistas (Podiatras) não eram reconhecidos como membros dentro da medicina tradicional. Eram médicos independentes, licenciados que tratavam os pés, os tornozelos e as estruturas relacionadas aos pés. Lewis Durlacher foi um dos primeiros a reconhecer a necessidade de regulamentação deste especialista médico tentando estabelecer uma associação destes práticos em 1854. Mas, foi somente após a 2ª guerra mundial, 1945, que a profissão foi regulamentada nos países de língua inglesa, devido ao aumento da procura por esta especialidade. (1)

A primeira sociedade de Quiropodistas foi estabelecida em 1895 na cidade de Nova Iorque e em 1911 foi fundada a 1ª escola de Quiropodia pelo´médico e educador Dr. Maurice J. Lewi, conhecida anos depois como Faculdade de Nova Iorque de Medicina Podiátrica. Dr. Lewi ajudou a desenvolver a 1ª legislação que norteou a prática dos Quiropodistas e também, as disciplinas e o programa de treinamento do 1º curso de formação em Quiropodia, nesta escola. Nesta época o Dr. Lewi já havia sugerido a mudança da nomenclatura de Quiropodia para Podiatria, devido a estar etimologicamente incorreta, pois, não representa a função do Podiatra. (1)

Um ano mais tarde, 1912, os ingleses estabeleceram uma sociedade de Quiropodia no hospital do Pé em Londres e em 1919 fundaram uma escola associada a este hospital. (1)

A nomenclatura Podiatria teve sua origem nos EUA, após alguns anos e foi adotada em todos os países de língua inglesa, sendo dirigida a todos os profissionais graduados em escolas médicas podiátricas, recebendo diferentes titulações de acordo com o nível de atuação (D.P.M., D.P., B.Pod., OU Pod.D.). Há, atualmente, 08 faculdades de Medicina Podiátrica nos EUA, já incluindo uma fundada em 2009, denominada Universidade Ocidental de Ciências da Saúde. Todas são regulamentadas pela Associação Americana das faculdades de Medicina Podiátrica (AACPM). (1)

Em outros países como a Nova Zelândia e a Alemanha, o termo Quiropodista ainda é utilizado freqüentemente, mas, são profissionais registrados no conselho das profissões de saúde e formados em escolas de Podiatria reconhecidas. Nestes países o tratamento dos pés é, geralmente, realizado com procedimentos não invasivos. Estes especialistas podem executar pequenas cirurgias nos pés utilizando anestesia local. Os EUA é um dos poucos países que permite aos Podiatras, antigos quiropodistas, a realizarem procedimentos cirúrgicos mais invasivos (1,2). Existe cerca de 15.000 Podiatras neste país (The American Podiatric Medical Association)

A Podiatria originou-se, portanto, da Quiropodia, transformando-se em uma especialidade que envolve a melhora da saúde global do paciente, com foco na prevenção primária, diagnosticando e tratando problemas associados aos pés e tornozelos.(1,2)

O profissional Podiatra está presente em 19 países do mundo (International Working Group on the Diabetic Foot- oficial Section – International Diabetes Federation, 2005).

Segundo a FIP (Fédération Internationale des Podologues) em alguns países os profissionais atuam legalmente com a seguinte titulação:

  • Alemanha: Medizinischer Fuspflege
  • Áustria: Medizinischer Fuspflege
  • Bélgica: Graduat en Podologie-Podothérpie
  • Dinamarca: Fodteraput – fodplejer
  • Espanha: Diplomado em Podología
  • Finlândia: Bachelor of Podiatry
  • França: Pedicure-Podologue
  • Irlanda: Degree of Bachelor of Science in Podiatry
  • Itália: Laurea in Podologia
  • Noruega: Fotterapeut
  • Portugal: Bacharelato Podologista, Licenciado Podologista
  • Reino Unido: Degree of Bachelor of Science in Podiatry
  • Suécia: Medicinsk Fotvard (fipnet.org).
  • Nos serviços públicos de saúde dos E.U.A existe, também, o PODOLOGISTA, que é o profissional de saúde não Podiatra. São representados pelo Enfermeiro, o Fisioterapeuta e o Podortista. Estes profissionais têm sido envolvidos na assistência primária e secundária dos pés de indivíduos com diabetes, como membros da equipe de tratamento. (2)

    No Brasil o primeiro de curso pós graduação em Podiatria iniciou em 2007, através do curso de Especialização de Enfermagem em Podiatria Clínica realizado pela universidade federal de São Paulo (Lato Sensu 364/2007), regulamentado de acordo com a Resolução 01/2001 do Conselho Nacional de Educação.

    O Brasil a partir de 2008 já conta com a atuação do ENFERMEIRO PODIATRA como parte integrante na equipe de tratamento dos pés.

    O ENFERMEIRO PODIATRA é o especialista da área de saúde voltado para os cuidados dos pés, incorporando conhecimentos de anatomia, fisiologia, biomecânica e enfermidades dos pés. A principal função é a avaliação dos pés, identificando indícios de risco que possam comprometer a habilidade funcional do indivíduo.

    Este novo especialista em nosso país poderá servir de exemplo para outros países, onde exista o profissional graduado em Enfermagem

    Contribuição do Texto: Enf. Esp. Vera Ligia Lellis Jacob*

    Copyright © Clínica Cuidar dos Pés 2018. Todos os direitos reservados.